Tchelo

August 19, 2016
Meu amado Tchelo.
Num dia super animado em Daybreak, eu já com uma barriguinha de grávida querendo apontar, curtindo meus últimos meses na Comunidade, fomos curtir um dos meus eventos
preferidos por lá: “The Barn Dance”. Eu cheguei animada com Carol Greig e fomos
direto nos juntar à mulherada da Corner House. Talvez você não saiba, mas durante um
tempinho em que fiquei com Tracy Westerby, vimos quando você chegou, lindo de
morrer, numa camisa do Brasil. A Tracy levantou a cabeça, deu um mega sorriso e me
olhou. Sorri! Coisa de tia coruja, disse ao pé do ouvido dela: sabe qual é o segredo de
toda essa beleza dele? “O coração que guarda o melhor de tudo nesse mundo”! Claro
que ela sorriu e eu continuei: “Behave! But it would be so good to have you in the family
Westerby”! 😉 Tracy sempre transparecia o que sentia. Você é como ela!

Desde bebê chamava a atenção pelo sorriso constante, as bochechas rosadas pedindo
beijos e como era gostoso colocar você para dormir. Meu Deus, como amava o cuscuz da
vovó Tetê… que sempre foi apaixonadíssima por você e seus olhinhos verdes. Não sei
quantas vezes peguei minha mãe de olhinhos fechados, com a mão na sua cabeça,
rezando enquanto dormia, ou curtindo suas artes na Bíblia dela! Com certeza toda sua
candura, gentileza constante, atenção que dá aos que te rodeiam vieram codificados de
“fábrica” no seu DNA. Você carrega um sorriso cativante e é impossível não te adorar.
Sabe dizer palavras boas, fazer críticas construtivas, tem um grande espirito de liderança,
sabe resolver situações difíceis com calma e acima de tudo, abdica de tanta coisa em
nome do zelo, caridade e amor.

Mesmo quando a “química” do seu corpo é auto-destrutiva, sua alma se apodera e toma
conta do seu ser por completo. O Amor que te cerca é muito maior de que qualquer
trauma, qualquer tristeza, qualquer energia negativa na sua vida. Você é mais do que
vencedor; é um dos maiores exemplos para mim de que é possível se levantar e seguir em
frente nos momentos mais difíceis; um lutador!

Eu fiquei muito feliz em poder parar e passar um bom tempo lembrando e lembrando de
todos os momentos que já vivi com você, de tia coruja e babona mesmo. Sinceramente,
sou privilegiada e presenteada por Deus por ter esse cargo perpétuo, no qual a função principal é te amar e cuidar, estar presente na sua vida.

Com tudo o que escrevo aqui , creio que não posso deixar passar em branco uma palavra fundamental: “Chance”! Que ela seja o meu epílogo dessa carta. Eu te desejo de hoje e sempre em diante, Chance.
Chance para recomeçar, chance para perdoar a todo instante, chance para se reerguer, chance para amar como nunca, chance para errar, chance para se permitir… chance para viver como se não houvesse um outro dia. Recomece, perdoe, reerga-se, Ame, erre, permita-se e viva!

Tem uma música que eu adoro que diz:
“Os dias correm, somem
E com o tempo não vão voltar.
Só há uma chance pra viver.
Não perca a força, e o sonho
Não deixe nunca de acreditar
Que tudo vai acontecer.
Levante as mãos e vai sentir
O homem da cruz a te remir.
Olhe pro céu e tente ver:
Há um Deus a espera de você.”
(Eduardo Faro – Rosa de Saron)
É o que te desejo do fundo do meu coração Marcelinho.
Com todo amor da sua eterna…

Tia Geninha

You must be logged in to post a comment.